domingo, 4 de julho de 2010

EU JÁ SABIA!

Já começou com todo mundo prevendo o final. O Brasil inteiro
sabia que ia dar merda. Afinal, com a lista de convocados do
Dunga, não dava pra esperar muita coisa mesmo. Mas não
vamos punir o Dunga. Tem o Felipe Melo também. 

Sempre que o Brasil se fode na Copa a gente responsabiliza
alguém. Por quê agora seria diferente? Em 
1998 o Ronaldo
"amarelou"
na final, em 2006 foi o Roberto Carlos parou pra
arrumar a meia e agora todo mundo tá pegando no pé do
Felipe Melo.
Eu acho errado punir apenas um jogador pela
derrota. Mas fazer o quê? Assim é muito mais fácil. 

O que eu achei engraçado nisso tudo foi que, depois de me
acordarem com rojões e vuvuzelas em todos os dias de jogo
do Brasil durante a Copa, meus vizinhos pareciam animados 
com a eliminação do Brasil. Os moleques não paravam com 
os rojões e nem com as malditas trombetas do apocalipse e 
ainda gritavam: "Ê-liminadooo...Ê-liminadooo...". Que porra 
é essa? Tão comerando o quê? Foi a seleção de vocês que
perdeu, seus retardados.

A decepção do brasileiro agora é não ter mais motivo pra
faltar ao trabalho e nem pra encher a cara durante a semana.
Além de não saber o que fazer com aquele chip da TIM que
você comprou achando que o Brasil ia ganhar a Copa. Agora é
bola pra frente. Tocar a vida e ver se o Faustão fala seu nome
no torpedão campeão.

domingo, 20 de junho de 2010

TORCIDA BRASILEIRA

É Copa do Mundo! E não importa a hora do jogo. Quando o Brasil entra
em campo o país pára. É praticamente um feriado nacional. Nessa hora
todo mundo canta: "Eu sou brasileeeirooo, com muito orguuulhooo...".

Mas fazer o quê? O futebol é a única coisa onde essa merda desse país
se destaca
. Única não né, tem a corrupção também. Mas ninguém quer
comemorar isso. Afinal é Copa do Mundo. Pensar em política pra quê,
né? Eleição só tem no fim do ano mesmo.

O chato da Copa, além do Galvão, são aqueles vizinhos empolgados.
Aqueles pentelhos que começam tocar a maldita corneta, que agora
é vuvuzela, umas 10 horas antes do jogo. Sem contar aqueles rojões
infernais. Pra quê essa porra? O Brasil é tão bom assim que faz gol
antes mesmo do jogo começar?
 

Meus vizinhos são um exemplo disso. Me acordaram hoje, em pleno
domingo, às 8 horas da manhã. É, eu sei. São uns filhos da puta.
Os moleques não paravam de soltar rojões nem de tocar aquelas
cornetas que mais pareciam as trombetas do apocalipse. Isso é
igual punheta. Só tem graça pra quem toca.

Enfim. Isso é Copa. Essa é nossa torcida.


sábado, 27 de março de 2010

DEFENESTRANDO ISABELLA

A justiça tarda mais não falha. No Brasil é assim. Pelo
menos quanto ao "tarda" temos certeza, já o "não falha"
é meio duvidoso ainda.

Depois de dois anos finalmente o caso da menina Isabella
teve seu desfecho. O casal Nardoni foi condenado pelo
júri por 7 votos a 0. Isso mesmo. Goleada. Escrevo pra não
restar dúvidas: Sete a zero. Três do Robinho, dois do
Neymar, um do André e outro do Mádson.

O desfecho já era esperado... Muito esperado. Afinal, dois
anos é muito tempo. Claro que, se comparado aos 31 que
o pai da menina pegou, ou aos 26 da madrasta, 2 anos não
é tanta coisa assim.

Dizem que o pai da menina ainda se equivocou no
depoimento: "Perdi o que tinha de mais valioso na minha vida."
Teria dito ele sobre a filha. Mas não perdeu não. Ele,
literalmente, jogou pela janela.

Pelo menos na cadeia, os presos podem ficar mais tranqüilos.
Pela primeira vez eles devem estar felizes por terem grades
nas janelas. Afinal, com um companheiro de cela desses tem
que ficar sempre esperto. Se bem que eu ainda acho que quem
vai precisar ficar esperto é o Nardoni. Na cadeia ele pode
acabar perdendo outra coisa valiosa.