quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

UFA...PASSOU!

O natal já foi. E com ele a correria pra comprar presentes, as compras
de última hora pra ceia, as filas e tumultos. Mas uma coisa ainda resta
pra te lembrar dessa adorável data. As dívidas que você fez por causa
do natal.

Apesar de eu ter falado que o natal é "sempre a mesma mesmice"
(redundante não?!) esse foi diferente. Meio igual. Mas diferente.
Eu explico (ao menos tento..). Digo "meio igual", pois o "especial"
da xuxa continua uma merda (mesmo não assistindo eu sei que foi
ruim). Você ainda se torna uma pessoa "pura e amável" e mente
pras crianças sobre o bom velhinho. E outra mesmice é o fato de
termos mais um natal sem neve.

Agora, já o "mas diferente" tem seus motivos. Pra começo de
conversa, já culpo a crise. Com esse negócio de crise tomando
conta de tudo quanto é noticiário na TV, jornais e revistas, a ceia
sofreu alterações. Aquelas velhas piadinhas com o peru foram
"recauchutadas" e fizeram muita gente esboçar um sorrisinho de
canto de boca. Afinal, com a tal da crise, o peru ficou fora da ceia.
Perdeu o cargo pro frango de padaria. E por causa dela fiquei sem
presente. E quem esperava algo de mim também vai ficar. Com esse
negócio de crise até o orkut se adaptou. Abri minha página hoje e
tava lá:
"Sorte de hoje:
O melhor presente que você pode dar é um
abraço: ele é tamanho único, e ninguém vai se importar se você
quiser devolvê-lo." .
Vai entender.


O tal do "natal sem fome" eu nem ouvi falar esse ano. Afinal, em
Santa Catarina teve uma concorrência fortíssima. Eu ainda não
escutei aquela "adorável musiquinha" da Simone. E até agora o
bom velhinho não apareceu por aqui.


Obs: Tá.. tá.. não foi um post decente, eu sei. Mas tô com sono,
sem presente e sóbrio. Portanto sejam "puros e amáveis" e me
perdoem. Afinal é natal!



sábado, 13 de dezembro de 2008

AHH...O NATAL!

Todo final de ano a rotina recomeça. Casas enfeitadas, músicas natalinas
em shoppings e supermercados. Um bombardeio de propagandas de
brinquedos surge na TV. A Xuxa anuncia seu "especial"(hahaha) de
natal e todos os filmes que passam na TV são os mesmos que você viu
no ano passado. Mas, mesmo assim, você assiste de novo. As lojas
faturam mais do que em qualquer época do ano e você... você se torna
uma pessoa mais pura, amável. Resumindo: FALSA!

Não fique preocupado. O natal faz isso com as pessoas. É o tal chamado
"espírito natalino". É normal. Você gasta todo seu décimo terceiro
em presentes para seu amigo oculto, filhos, sobrinhos "félasdaputa" e
demais familiares. Mas não dá um tostão ao "natal sem fome"(é aquele
negócio que pessoas famosas, que de tão "puras e amáveis" fazem o
comercial sem cobrar cachê, pedem que você ajude aquelas pessoas
que tem fome todo natal... por isso o nome).

No natal você mente para os seus filhos, dando todo o mérito daquele
presente que VOCÊ comprou com seu dinheiro suado ao "bom velhinho"
(o garoto propaganda da coca-cola). Ou então você dá um presente de
merda pros guri e põe a culpa toda no Papai Noel. Ah...o natal.

Você sai desejando "feliz natal" pra todo mundo. Mas só por obrigação.
Cara, isso é um saco! Irrita. Só você não percebe.

Mas natal é isso aí. Você se fode pra agradar todo mundo. No amigo
oculto da empresa você tira logo aquela pessoa que você evitou o ano
todo. As crianças ficam ansiosas esperando um velho barrigudo que
anda com viadinhos. Durante a ceia um tio chato faz piadinhas com
o peru. E o mais comum de todos... o cd da Simone rodando aquela
"adorável musiquinha": "Então é nataaaal...". Blargh!!!

E ninguém se lembra do verdadeiro significado do natal...
(estou sendo "puro e amável").


OBS: Só pra esclarecer. O post abaixo ("vestígios natalinos") não inclui amigo
oculto em
família, viu vó?!


sábado, 22 de novembro de 2008

"VESTÍGIOS NATALINOS"

Já estava mais do que na hora de eu atualizar isso aqui. Mas,
ultimamente, ando sem criatividade alguma. Isso dificulta um pouco
as coisas. "Sácomé né".

Final de ano vem chegando. Faculdade vai apertando. Começam a
surgir os primeiros vestígios do natal. Casas já enfeitadas. O pessoal
já começa o tal "amigo oculto" no trabalho, na faculdade...

É uma coisa que me intriga muito. Como você participa de uma
brincadeira com o nome de "AMIGO oculto" onde ninguém é amigo de
ninguém? Que merda é essa? Você vai na frente de todo mundo e
começa: "O meu amigo oculto...". Falso! Fica o ano inteiro falando mal
daquela pessoa. Daí chega o final do ano. Você tira aquele puto no
"amigo oculto" e fica chamando o cara de amigo até o dia
da troca dos presentes.

Mas se você se nega a participar da brincadeira acaba ficando como
o "chato" da turma. Porém, sincero. É um dilema infernal. Afinal, o que
compensa mais?
Ser um "amigo oculto" ou um "inimigo assumido"?



terça-feira, 11 de novembro de 2008

EXPIRAÇÃO SÚBITA

Tô meio mal esses dias. Uma tosse infernal que tá me matando. E ao
invés de melhorar só piora. Mal consigo dormir. Isso já tá me irritando.
Noite passada mesmo eu fiquei acordado tossindo até umas três da manhã.
Por fim me enchi. Misturei uns xaropes e tomei. Com uns dez minutos eu
apaguei. Quase perco a hora hoje (sorte que minha mãe tem o hábito de
"checar" se tô vivo).

Acordei meio bambo. Me arrumei (foda-se a norma culta) e fui pra
faculdade.
Ainda meio sonolento ( o que não é novidade). Incomodei uma
galera na
biblioteca de tanto tossir. E olha que nunca vou lá. Mas como tô
com essa
tosse infernal que me incomoda de uma maneira "única”...

Depois de destruir minha garganta de tanto tossir na faculdade, fui pra casa.
Já tinha perdido tudo quanto era ônibus. Cheguei tarde. Almocei correndo.

Fui pro trabalho e... Adivinha?! Caiu um puta chuvão! Molhei um pouco, mas
cheguei ao trabalho. Ah sim! Claro! Também me esgoelei de tossir lá!

Pelo menos dessa vez não fui ao médico. É muito revoltante chegar lá, falar
o que tá sentindo e ver aquele puto, sem despregar o cú da cadeira, dizer
com
toda certeza do mundo: "É só uma virose!". Qual é? O cara é o que?
Médico ou
o Professor Xavier?

Ainda bem que não preciso digitar um "cof cof cof!.. cooof! arrrgh! cof!"
cada vez que tusso enquanto digito o post. Do contrário essa merda ia
ficar maior
ainda. Já basta cuspir todo o monitor né!

Obs: Lembrei de um fato traumatizante que me ocorreu aos
cinco ou seis anos. Em uma dessas "viroses". Fica pra próxima!


sexta-feira, 31 de outubro de 2008

PERÍODO FÉRTIL

O ser humano é um animal como qualquer outro. Alguns racionais
outros nem tanto. E, como todo animal, o ser humano tem seu período
mais fértil. No caso dos brasileiros, esse período é mais conhecido
como "carnaval”.

Pois é, falo sério. Se ainda tem dúvida, dê uma olhada na sua página
inicial do orkut. A quantidade de pessoas que fazem aniversário em
novembro. Só na minha eu contei umas 30. E olha que isso é só
até o dia 11. Putz! Nem vou me dar ao trabalho de falar sobre o tal
“carnaval". Afinal, ainda falta muito pra chegar lá.

Mas que o "carnaval" é o período em que o brasileiro entra no cio,
isso é fato! Não há como negar!

Se você nasceu em novembro, pergunte aos teus pais qual o melhor
"carnaval" que já tiveram. Se não coincidir com o ano em que você
nasceu é porque você foi um acidente. Mas não fique triste por não
ter sido um plano de seus pais. Muita gente que nasceu em novembro
também foi fruto de uma camisinha estourada, de um exagero no
álcool, ou de outras milhares de orgias que acontecem, em especial,
nessa data.

Por isso não precisa ficar chateado por ter sido uma cagada que
seus pais cometeram no passado. Pense positivo. Quem sabe você
não foi o motivo da união deles.



segunda-feira, 27 de outubro de 2008

RECHEIO TRIPLO

O brasileiro jamais perde a oportunidade de conseguir um "descontinho",
por menor que seja. Isso levanta o ego. O cara descola um desconto de 2%,
bate no peito e diz: " Saí no lucro! ". Não preciso nem comentar sobre
aqueles "queimões de estoque" né. Afinal todo mundo já passou por essa
experiência. Mas vamos ao tema do post.

Fui comer um hambúrguer com um amigo esses dias, amigo o qual não
me permitiu citar seu nome aqui e, ainda ameaçou me processar se eu
fizesse isso. Ameaça a que me fez postar aqui o tal acontecimento.
Por isso já agradeço ao Kenede por ter feito a merda que vou contar agora.

Fizemos o pedido. Demorou, mas veio. Nosso pedido foi o mesmo,
um "X Burguer Recheio Triplo". O negócio todo foi que eu olhei pro
hambúrguer e falei pro Kenede:
- Êita... num era recheio "triplo"? Por que só tem 2 bifes?
O Kenede logo chamou a garçonete e, antes de mais nada falou:
- Vamos ganhar um "descontinho" né?
A garçonete fez uma cara do tipo "hã?" e daí começou o diálogo:
-Por quê?
-Ué, aqui tá falando que é recheio triplo, mas só tem 2 bifes!
-É que o triplo se refere aos 3 pedaços de mussarela. Tá escrito aí.
- Ah é... eu vi aqui...hehehe (risada sem graça). Desculpa.


Sei não, mas depois de ver aquela cena constrangedora eu até quis entrar
na brincadeira e perguntar à garçonete "então por que eu só vejo uma fatia
de mussarela?", mas resolvi ficar fora da discussão e engasgar com a minha
coca cola de tanto rir.

MORAL DO POST: leia direito a porra do cardápio antes de sair pedindo "descontinho" por aí.

sábado, 18 de outubro de 2008

DIA MUNDIAL DA...MENOPAUSA!?!?!

Bem, pra quem não sabe, hoje é o dia mundial da menopausa.

Que merda! Não sei pra que uma data pra isso. Mas, de qualquer
forma se há datas como carnaval e dia internacional da mulher,
por que reclamar de uma data tão inútil como o
"dia mundial da menopausa".

As mulheres devem ficar felizes quando chegam à menopausa.
Afinal, não precisam mais se preocupar com porra nenhuma
(literalmente).

Muitos machistas alegam que após a menopausa a mulher não
tem mais utilidade. Eu discordo completamente. Não acho
justo tratar a mulher como um objeto descartável.
Ela tem utilidade sim! Ela ainda pode lavar, passar,
cozinhar e pegar aquela cerveja gelada na geladeira, na
hora do futebol ou quando não podemos/queremos levantar
do sofá. Mas só pra isso!

Não me entendam como um machista ignorante. Afinal, se eu
fosse machista eu iria citar aquela velha piada:
"Poxa, tua mulher tem 50 anos? Troca por duas de 25!"
Mas não! Eu sugeri que se recicle a mulher usada, digo,
na menopausa.

Portanto, comemore esse dia! Hoje homenageie sua mãe,
sua “patroa”, sua vó. Qualquer velha, digo, senhora de
idade que você conheça! Dê a elas uma vassoura, um fogão
ou simplesmente um ventilador.

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

VENDENDO O PEIXE (DOS OUTROS)!

Antes de eu criar essa merda aqui, não sabia de nenhum blog
de amigo meu. Mas, foi só pedir opinião sobre esse lixo que mais
do que depressa me responderam: "passa lá no meu!". Tudo bem!
Fui lá! Putz! Muito bom! O cara é meu amigo há anos e ainda não
conhecia esse lado dele (sem malícia). Pra quem ficou curioso dá um
pulo lá, o blog dele tá ali do lado no "mais alguns" é o único que tá lá.

Mas o negócio é que, dando uma viajada nos "favoritos" dele, vi que
estou fora dos padrões "bloguísticos" da sociedade www. Cara!
O povo manda bem! Blogs legais.

Tá legal que esse blog é uma merda e que eu não tenho criatividade
alguma pra atrair a atenção das pessoas. Tudo bem que aquele
contador de pessoas ociosas já alcançou um número de dois
algarismos. Mas não se deixem iludir, eu é que fico apertando f5 pra
ver se tem comentário novo! Antes eu fazia isso no orkut pra ver se tinha
recado, afinal esse mundo www é meio tedioso.

O fato é que, viajando nos blogs alheios eu achei um que me despertou
um certo interesse, desde o título: "camila, a revoltada". Fui ver!
Já de saco cheio de ficar apertando f5 no meu blog, fui ler os posts
da Camila. Valeu a pena! Além de me tornar leitor assíduo, me inspirei
no post: "geração coca-cola(de blogueiros)" pra fazer esse post aqui.

Portanto, sou grato a Camila por três coisas:

1ª inspiração para um novo post.
2ª fazer com que eu parasse de brincar com o f5.
3ª por me ajudar a descobrir minha geração "ki-suco"

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

APENAS BOM DIA...

É incrível como as pessoas adoram se sentir superiores às outras.

Hoje eu estava indo pro trabalho. Emputecido por ter que
trabalhar logo na semana em que a faculdade faz um recesso
de três dias (e eu, de uma semana), quando vejo, já no caminho
pro trampo, minha vizinha. Mesmo com um péssimo humor,
eu esbocei um sorriso simpático (até porque ela não tem culpa
de eu ter de trabalhar, quem tem culpa é meu pai) e disse: "bom dia!".
E ela poderia simplesmente ter me respondido com as mesmas
palavras. Mas não! Aquela filha da puta imediatamente
retrucou: "bom dia não né!?! boa tarde!". PUTAA!!!

Não custava nada ela dizer: "bom dia!". Mas não, não...
Eu, simplesmente fui desejar a ela um bom dia, uma
boa segunda-feira. Fui sincero! Consciente de que ela não
tinha culpa de eu estar em um dia ruim. Não tinha!
Pois a partir daquele momento aquela puta me irritou mais ainda.

Portanto, quando uma pessoa de bom coração for lhe desejar
um bom dia, independente de que horas sejam, diga
apenas: "bom dia!". Afinal, um dia tem 24 horas, e a pessoa
que lhe deseja um bom dia não deseja a você apenas
uma boa manhã, , mas sim um bom DIA...um inteirinho...24 horas.

domingo, 12 de outubro de 2008

POR QUE NÃO?

Andei lendo algumas merdas em blogs por aí.
E, me veio a cabeça: "por que não escrever um?".
Um tanto óbvio! Porque ninguém quer ler essas merdas de blogs dos outros!

Não é legal ficar lendo textos enormes (e chatos) no PC. Mas que se dane!
Iria dizer que não convidaria ninguém pra ler merda nenhuma do que vou
escrever aqui. Mas seria muita hipocrisia da minha parte.
Afinal, se alguém, além de mim, estiver lendo isso é porque eu convidei.

Tudo que se pareça com um diário não pode ser legal. Diários são chatos!
Quem não se lembra do "Mundo da Lua" (sim, eu tive infância!), onde aquele
moleque sem graça pegava um negócio estranho e começava:
“Alô!... Alô!... Planeta Terra chamando! Planeta Terra chamando!
Essa é mais uma edição do diário de bordo de Lucas Silva e Silva.
Falando diretamente do "Mundo da Lua", onde tudo pode acontecer!"

Putz! Que parada chata!
Mas fazer o quê? Ultimamente estou muito chato.
Descobri que ser chato é legal. Legal pra mim, não pra você!
Afinal, porque eu me chatearia com minhas chatices.
Você é quem tem que se chatear!
Se você leu tudo até aqui, espero que tenha se chateado e perdido seu tempo.